domingo, 5 de setembro de 2010

Therry

Este é o Therry, um menino muito timido e envergonhado.
É jovem, tem cerca de 3 anos.
É um Terrier.


Madrinha de vacinação: Susana Santos
Madrinha de Castração: Isabel Costa

Brown



Este amiguinho é o Brown, foi adoptado e veio devolvido, porque é trepador e fugia de casa.
É adulto, tem cerca de 4 anos e é um doce.
Muito meigo, calmo e muito muito bonito.

Madrinha de vacinação: Elsa Regadas
Madrinha de castração: Gabriela Rocha

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Voluntariado na ASAAST



Dedico este post aos nossos voluntários, que são maravilhosos.
Sábado após sábado, domingo após domingo, fazem com que os nossos peludinhos se sintam bem, acarinhados, protegidos e amados.

Obrigado pelo vosso trabalho e pelo vosso sacrifico.


















terça-feira, 9 de março de 2010

Abrigo de cães sem dinheiro para comida - JN

Abrigo de cães sem dinheiro para comida - JN

São voluntários - apenas quatro - , acolhem e cuidam dos cães que outros vão abandonando em Santo Tirso (chegam a resgatar alguns do canil municipal, a fim de evitar o abate) e, agora, estão a desembolsar cerca de 1800 euros por mês para os alimentar.

Tudo porque à Associação dos Amigos dos Animais de Santo Tirso não chegam apoios.

A expectativa não é grande, mas Luísa Pelayo, presidente da associação, vai renovar o apelo à Câmara. "A ver se conseguimos algum donativo", porque, afinal, "são cães que não entram no canil e é dinheiro que poupam em alimentação e abates", observa. E são muitos: mais de duas centenas esgotaram a capacidade do abrigo, num terreno alugado em Santa Cristina do Couto.

A enérgica Jessica, por exemplo, foi encontrada nas ruas do centro de Santo Tirso. Ao pescoço, trazia um papel manuscrito que rezava assim: "Olá, eu sou a Preta e tenho dois meses. Por favor, vacinem-me, esterilizem-me, desparasitem-me e fiquem comigo". Sem mais. "Sabemos a matrícula [do carro de onde a cadela foi largada], fizemos queixa à GNR e ficou em águas de bacalhau", indigna-se Rita Sousa, uma das voluntárias, alertando para a necessidade de a Autarquia promover a esterilização dos animais que captura. Entretanto, os animais consomem todos os dias 120 quilos de alimento… "Temos o barracão da ração vazio. Estamos a pagar por dia 60 euros do nosso bolso", lembra Rita, explicando que até esse recurso já secou. "Neste momento, falta-nos ainda voluntários e adoptantes", lamenta a voluntária que em cada sábado se desloca do Porto a Santo Tirso para ajudar animais rejeitados


http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Porto&Concelho=Santo+Tirso&Option=Interior&content_id=1514243